• grupowdm

Tubos Condutores: Quais são os tipos e onde comprar?



Os tubos condutores são peças muito importantes para diversos tipos de indústrias. Entre elas, usinas sucroalcooleiras, metalúrgicas, siderúrgicas e empresas da construção civil para óleo, gás e mineração. Por isso, é necessário saber quais são os seus tipos e onde comprá-los.


Para conhecer mais sobre o assunto, continue lendo este artigo e confira os tópicos a seguir.


• O que são os tubos condutores

• Para que servem os tubos condutores

• Quais são os seus tipos

• Onde comprar tubos de condução




O que são os tubos condutores


Os tubos condutores são peças cilíndricas amplamente utilizadas na indústria. São fabricados em aço carbono, o que permite que possuam alta resistência e assim consigam suportar os esforços mecânicos pelos quais são submetidos durante os processos industriais.


É possível encontrá-los em modelos diferentes, com ou sem a presença de costura e em vários tamanhos. Da mesma forma, podem ser fornecidos com tipos distintos de acabamentos, entre eles, galvanizado, preto ou pintado.


Quanto às extremidades, podem ser fabricados com elas biseladas, com rosca em diâmetros e espessuras variadas, com ranhuradas ou mesmo lisas. Um ponto importante sobre os tubos de condução é a existência de normas específicas que os fabricantes devem seguir.


Com isso, consegue-se regulamentar o seu uso de modo apropriado. Todo esse cuidado proporciona às indústrias que necessitam dessas peças processos mais seguros e com melhor performance.




Para que servem os tubos condutores


A principal utilidade dos tubos condutores é para conduzir, principalmente, fluidos industriais não corrosivos até um determinado destino. Esse fluido pode ser óleo, ar comprimido, vapor, água, gás e demais tipos de fluídos.


Dessa forma, os principais beneficiados com essas peças são as indústrias de petróleo, gás natural e caldeirarias, entre outras, que possuem sistemas de transporte dutoviários. Além disso, a serventia dos tubos de condução depende de suas propriedades químicas e físicas.


A sua espessura é mais um elemento que interfere na escolha. Assim, esse atributo deve ser avaliado na hora de determinar onde o tubo será usado. Os tubos podem ter espessuras de 21,30 mm até 323,80 mm e de 2,11 mm até 14,27 mm.




Quais são os seus tipos


Os tipos de tubos condutores variam de acordo com a sua norma e com os materiais que podem conduzir. Entre os mais apropriados para o transporte de óleo, gás e água estão o NBR 5590 e o NBR 5580. Veja a seguir o que diz cada norma.



• Norma 5580

Indica que os tubos de condução devem ser fabricados com o objetivo de conduzir fluidos não corrosivos, a exemplo da água, gás, vapores, ar comprimido e ar-condicionado. Desse modo, são amplamente utilizados em instalações comerciais e residenciais.


Portanto, não estão aptos a levar fluidos com mais de 200 graus de temperatura. Já que se trata de uma peça mais simples, para obter o certificado não é preciso atender muitos requisitos. Quanto as suas características, além de não ter costura, é visto em até 40 medidas padrão no mercado.


Elas variam de 1/8” a 6” de diâmetro externo. Outro atributo é a sua classe, que pode ser leve, média ou pesada, bem como ter rosca ou ponta lisa.



• Norma 5590

Os tubos que atendem essa norma são encontrados com ou sem costura, bem como em graus A ou B, o que significa que são adequados para linhas de baixa à média pressão. Outra característica é a possibilidade de receber tratamento térmico e acabamento de galvanização a fogo.


A rebarba interna do tubo deve ser removida e para a sua fabricação a solda precisa ser longitudinal, a fim de garantir durabilidade e resistência, inclusive, em altas temperaturas. Desse modo, são bastante úteis nas instalações industriais, inclusive, para usinagem, assim como para demais aplicações mecânicas.


É necessário que esses tubos atendam requisitos rigorosos de qualidade, porque transportam gases, vapores, água, ar comprimido e ar-condicionado. Alguns exemplos de aplicação consistem nas tubulações de rede de incêndio e de passagem de óleos industriais e fluidos não corrosivos.


Há também parâmetros que devem ser testados, como graus de tubo (A e B), diâmetro nominal e a classe ou pelo número do schedule, composição da massa e tolerância de diâmetro.


Quanto aos requisitos para receber o certificado e serem comercializados estão composição química, tração, dobramento, ensaio de achatamento, pressão hidrostática, acabamento e proteção por zinco. Além disso, são disponibilizados em até 20 medidas padrão diferentes, variando de 1/2” a 6” de diâmetro nominal.



• Outros tipos

Existem ainda os tubos de condução de norma ASTM A106, que são indicados para serviços de suporte estrutural e vasos de alta pressão, pois suportam temperaturas superiores a 100° C. Enquanto isso, os tubos API 5L servem para a indústria de água e petróleo, além de conduzir líquidos.


Já o ASTM A178 conduz fluídos industriais, sendo principalmente usado em evaporadores, condensadores, caldeiras, aquecedores, geradores de vapor, serpentinas de aquecimento e condutores de gases. Uma vantagem é servirem para trabalhos a frio, sem ser preciso aquecer suas pontas.




Onde comprar tubos de condução


Como você pode ver, é fundamental buscar fornecedores de credibilidade no mercado para adquirir tubos de condução que sejam seguros, resistentes e duráveis.


Além disso, é importante atentar para alguns aspectos. Entre eles, as peças devem estar identificadas com a sua norma, sendo que a mesma é marcada no topo do tubo, em baixo-relevo, e a solda deve ser longitudinal, o que garante a sua qualidade.


O grupo WDM é especialista em tubos condutores, oferece produtos certificados e garantia de credibilidade no mercado. Para encontrar o que você precisa para a sua empresa clique aqui.


4 visualizações0 comentário